Imposto de Renda 2020

Todo cidadão que ganha acima de uma quantia anual precisará declarar o imposto de renda 2020 para ficar em dia com suas obrigações civis com a Receita Federal. O IRPF é o imposto cobrado anualmente pelo Governo através da declaração de ajuste anual do Imposto de Renda, e suas alíquotas variam de 0 a 27,5%. O órgão responsável pela gestão do Imposto de renda 2020 é a Receita Federa, e para saber mais sobre o imposto, como tabela, alíquotas, e passo a passo para fazer a declaração, confira nosso texto abaixo.

Neste artigo vamos relatar todas as informações do imposto de renda 2020, como fazer a declaração, quem precisa declarar, quem tem isenção, os valores e alíquotas. Esses cidadãos precisam desembolsar todo ano um certo valor do seu ganho para pagar o imposto de renda.

Imposto de Renda 2020

Imposto de Renda 2020

Vale lembrar ao contribuinte que precisa fazer a declaração, para não deixar para última hora, porque o site da Receita Federal sempre fica congestionado nos últimos dias para declarar. Deixar para última hora pode dar errado e você ficar fora do prazo e ter que pagar uma multa por isso.

Quem deve declarar Imposto de Renda 2020

A declaração do imposto de renda é obrigatória, no entanto, nem todas pessoas precisam realiza-la. Grande parte dos brasileiros estão isentos dessa tarefa, como é o caso de aposentados e pensionistas que recebem acima de determinado valor anualmente, por exemplo.

É necessário que declare o imposto de renda 2020, brasileiros que cumpram com os seguintes requisitos:

  • Quem possui rendimento acima de R$ 40.000,00, mesmo não tributável;
  • Trabalhadores com rendimento tributável maior que R$ 28.123,91 durante ao ano;
  • Trabalhadores rurais com rendimento bruto anual de suas atividades no campo maior que R$ 140.619,55;
  • Quem faz investimentos e transações na bolsa de valores e mercado financeiro ou recebeu algum bem;
  • Cidadãos que tenham imóveis ou terrenos com valor maior de R$ 300 mil.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2020


Isenção Imposto de Renda 2020

A maior parte dos brasileiros não precisam realizar a declaração do imposto de renda. Quem tem uma renda mensal menor que R$ 1.999,18 – de acordo com o valor base do ano anterior – não precisa fazer a declaração do imposto de renda.

Quem possui imóveis, terrenos ou outros tipos de bens que não ultrapassem o valor de R$ 300 mil e pessoas que possuem doenças graves também não precisam declarar. Dentre essas doenças estão os portadores de HIV, esclerose múltipla, hanseníase, entre outras.


Alíquotas Imposto de Renda

Todo início de ano o órgão responsável pelo imposto de renda, a Receita Federal publica a tabela com os valores e as alíquotas para a declaração dos cidadãos. As alíquotas são um percentual que será aplicado para o cálculo do valor do imposto de renda.

A declaração começa no mês de março, mas a Receita Federal ainda não divulgou a tabela para o ano de 2020, o que deve acontecer em breve. Para ter uma referência dos valores, vamos pegar a tabela do ano base de 2017.

  • Até o valor de R$ 1.999,18 é isento;
  • De R$ 1.999,18 até R$ 2.967,98, a alíquota é de 7,5%;
  • De R$ 2.967,98 até R$ 3.938,60 a alíquota é de 15%;
  • De R$ 3.938,60 até R$ 4.897,91, alíquota de 22,5%
  • Acima de R$ 4.897,91 a alíquota é de 27,5%.

Consulta Imposto de Renda – como consultar a restituição

Consulta IRPF 2020Após a declaração do imposto de renda 2020, o cidadão que tiver pago a mais do que deveria no ano base terá direito a um reembolso desse valor, que é chamado de restituição. Essa restituição é feita pelo próprio órgão da Receita Federal brasileira.

Para consultar se você tem direito a essa restituição, acesse o site http://www.receita.fazenda.gov.br/Aplicacoes/Atrjo/ConsRest/Atual.app/paginas/index.asp insira corretamente o seu CPF, o ano base da restituição que quer consultar, sua data de nascimento e logo em seguida digite os caracteres que aparecem na imagem.


Como declarar Imposto de Renda 2020

A declaração do imposto de renda 2020 é feita de forma totalmente virtual, ou seja, você pode fazer de forma simples no conforto de sua casa. O início da declaração será no mês de março e para isso você deve acessar o site oficial da Receita Federal http://idg.receita.fazenda.gov.br e baixar o aplicativo do imposto de renda.

Declaração Imposto de Renda 2020

Declaração Imposto de Renda 2020

O programa de software é totalmente seguro e é feito pela própria Receita Federal. Após instalado o aplicativo, o contribuinte deve abrir e declarar todo o seu rendimento, bens, investimentos, dependentes caso houver, dentre outros. Ele pode ser baixado tanto no computador como no tablet ou celular.


Regularização Imposto de Renda 2020

Ao realizar a declaração do imposto de renda 2020, muitas pessoas informam incorretamente alguns dados, e por isso, caem na malha fina da Receita Federal. Essa situação acontece frequentemente por conta da falta de atenção no momento do preenchimento e a malha fina é utilizada justamente para apurar fraudes e corrigir outras pendências.

Se você é uma dessas pessoas precisa agir rápido para se regularizar e ficar em dia com suas obrigações para não sofrer penas severas. Primeiramente, acesso o site da Receita Federal e consulte a sua situação – http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/declaracoes-e-demonstrativos/dirpf/extrato-do-processamento-da-dirpf.

Para fazer essa consulta é preciso gerar um código de acesso que está no próprio portal da Receita Federal e obter esse código. Você deve fazer uma nova declaração e depois de um tempo pode consultar para ver se sua declaração foi aceita. Caso encontre dificuldades, entre em contato na central de atendimento no número 146.

O imposto de renda, que é uma contribuição com administração do governo federal através da Receita Federal, foi criado para auxiliar o governo em suas receitas. Com o dinheiro do imposto o governo pode fazer investimentos de infraestrutura no país, custear a saúde, educação, segurança pública, dentre outras políticas públicas.


Restituição Imposto de Renda 2020

A Restituição do Imposto de Renda 2020 é o direito que os contribuintes tem de receber o valor da declaração excedente da Receita Federal.

Depois que a sua declaração é realizada, a Receita Federal realiza os cálculos, e quanto mais deduções você tiver, mais descontos você terá, essas deduções pode ser:

  • Dependentes;
  • Despesas Médicas;
  • Entre outras.

A cada final de ano o Governo Federal divulga uma lista, na qual são dispostos os nomes e a relação dos contribuintes que tem direito a restituição do Imposto de Renda.

Confira a lista e veja se você é uma das tantas pessoas que tem direito a restituição om a correção da Taxa Selic.


Imposto de Renda Pessoa Física e Pessoa Jurídica

O Imposto de Renda Pessoa Física e Pessoa Jurídica é tributado pela Receita Federal, mas essas tributações ocorrem de maneira diferente, confira mais sobre:

Cobrança do Imposto de Renda 2020 Pessoa Física

A cobrança para Pessoa Física é realizada através do IRRF e também através da DIRP.

Sendo através do IRRF 2020, o desconto será realizado da folha de pagamento do trabalhador, já através da DIRP, será cobrado anualmente sobre outros valores do Imposto de Renda.

Cobrança do Imposto de Renda 2020 Pessoa Jurídica

Para quem tem dúvida e não sabe, as pessoas jurídicas são as seguintes:

  • Órgãos do governo;
  • Igrejas;
  • Empresas;
  • Partidos políticos;
  • Sociedades.

A cobrança para Pessoa Jurídica é diferente da Física, essa é realizada através do IRPJ.

Em relação as empresas, é cobrado o Imposto de Renda sobre os rendimentos por mês.

Devemos levar em consideração que os rendimentos da empresa e dos donos da empresa não são os mesmos, não devendo influenciar um no outro.


Download Programa IRPF 2020

Acesse o site da Receita Federal e realize o download do programa IRPF 2020 através do link: http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/cidadao/irpf/2016/download.

É essencial que a declaração do Imposto de Renda 2020 seja realizada até certo prazo. Então acesse o site da Receita Federal, veja a data e fique atento!


Aplicativo do Imposto de Renda 2020 para celular

Além do computador, você pode também realizar a declaração do Imposto de Renda por dispositivos móveis. Para isso, basta baixar o aplicativo da Receita Federal. Veja como abaixo:

  • Acesse a loja de aplicativo do seu celular ou tablet;
  • Procure o programa IRPF;
  • Faça a instalação do aplicativo da Receita Federal;
  • Após realizar o download preencha o que for preciso.


Malha Fina do Imposto de Renda

Quando você for realizar a declaração do Imposto de Renda preste muita atenção, pois caso tiver informações que não sejam compatíveis ou estejam erradas, você  está sujeito a cair na Malha Fina do Imposto de Renda 2020.

A Malha Fina é utilizada para verificar possíveis incorreções no preenchimento da declaração. Caso forem verificadas irregularidades o contribuinte corre o risco de ter que pagar multas.

Malha Fina IR 2020

Malha Fina IR 2020

Se o cidadão perceber que cometeu um erro ao realizar a declaração, é importantíssimo que o contribuinte realizar uma retificação do Imposto de Renda o quanto antes. Isso fará com que você evite muitos problemas.


Multa pro Atraso na Entrega do Imposto de Renda

É muito importante que a declaração do Imposto de Renda seja entregue dentro do prazo definido pelo Cronograma do IRPF. Caso a declaração não seja efetuada dentro do tempo estimado, você contribuinte corre o risco de pagar multas de até 20% sobre o valor.

Se houver atraso, você tem até 30 dias para realizar o pagamento da multa. Se a multa não for paga dentro do prazo, serão cobrados mais juros.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave a Reply